RECORTES socioeconomia.org: A mancha da violência nas pequenas cidades brasileiras

<span class="entry-title-primary">A mancha da violência nas pequenas cidades brasileiras</span> <span class="entry-subtitle">Um olhar sobre os homicídios em cada região do Brasil</span>

socioeconomia

É mais seguro morar na metrópole ou no interior? Para responder a essa pergunta, o Instituto Dialog realizou neste segundo “Recortes Socioeconomia.org – A mancha da violência nas pequenas cidades brasileiras” uma análise da violência no Brasil com base nas estatísticas das mortes no país por cidades e número de habitantes. E a conclusão impressiona: enquanto em capitais como Rio e São Paulo, a taxa média de homicídio caiu na última década; o índice em cidades com até 100 mil habitantes subiu.

A partir dos dados de óbitos por causas externas disponibilizados pelo Datasus, o repositório de informações do Ministério da Saúde, o estudo copilou dados referente ao período entre 2000 e 2015, e encontrou fortes evidências que surpreendem pelo ineditismo.

O levantamento não somente identificou uma concentração de ocorrências em territórios – como a violência ao longo das estradas federais – como também observou um possível padrão espacial do fenômeno longe dos grandes centros urbanos e próximos a determinadas características de ocupação no território.

A proposta deste “Recorte Socioeconomia.org” é trazer a você a visão de onde a violência vem ocorrendo e para onde tem se deslocado nos últimos anos, com possíveis interpretações que sugerem a existência de padrões espaciais para esses fenômenos.

Esperamos que faça uma boa leitura!

Comentários