Corte de verbas ameaça funcionamento do Museu Goeldi

Só há verba para manter a instituição funcionando até o final de setembro
Museu Goeldi, corte de verbas nos museus, socioeconomia

Em crise, Governo Federal cortou repasses às instituições culturais de todo o país / Foto: Wikicomons


Da Redação

O corte no repasse das verbas do governo federal neste ano ameaça o funcionamento do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG). O espaço possuiu 150 anos de pesquisa na Amazônia e é uma das mais antigas instituições do ministério, e sofreu corte de cerca de R$ 6 milhões (50%) este ano, mesmo tendo feito a contenção de gastos impostas pelo governo federal. A Associação dos Servidores do MPEG anunciou que está preocupada com essa situação, pois o espaço tem dinheiro somente para se manter até o final do mês de setembro.

Comentários