Em qual país há mais mulheres na política?

França, Bulgária e Nicarágua têm mais ministras; Ruanda tem mais mulheres na câmara dos deputados

 

Hillary Clinton (ao centro), na época Secretária de Estado do governo Obama (2008-2016), em Kabul, no Afeganistão / Foto: Wikicomons

Da Redação

Na semana passada, o presidente da Sérvia indicou uma mulher gay para o cargo de primeira-ministra do país. Ana Brnabic, de 41 anos, é atualmente ministra da Administração Pública do governo de Aleksandar Vučić e ao assumir o posto terá a missão de aproximar o país da União Europeia. A atitude considerada progressista chamou a atenção pela Sérvia ser vista uma das nações mais conservadoras do mundo.

No último Ranking de Mulheres na Política elaborado pela ONU neste ano, o país  dos Balcãs ocupa o 43º lugar, com cinco ministras. Já as líderes França, Bulgária e Nicarágua estão no topo do levantamento com nove ministras. Nos três países existem 19 ministérios. No mesmo ranking, o Brasil aparece em 167º lugar, com apenas uma mulher, a desembargadora Luislinda Valois, ministra dos Direitos Humanos.  Os vizinhos Chile e Argentina aparecem à frente do Brasil. O primeiro é 22º, com 8 ministras (em 23 ministérios); enquanto os hermanos são 95º, com 4 ministras (em 23 ministérios).

A Nações Unidas também analisaram a presença de mulheres no congresso de cada país.  Na câmara dos deputados, o Brasil ocupa a 153º lugar no ranking com 55 das 513 (10,7%) cadeiras ocupadas por mulheres. Ruanda (61,3% das cadeiras ocupadas por mulheres), Bolívia (53,1%), e Cuba (48,9%) lideram a lista. Com 83 deputadas em 435 cadeiras, os Estados Unidos ocupam a  104ª posição.  Acesse o ranking completo no link: goo.gl/CdNjss

Veja abaixo os 10 países com mais mulheres na política:

EM MINISTÉRIOSNA CÂMARA DOS DEPUTADOS
PaísMinistras / Total%PaísDeputadas / Cadeiras%
1. França, Bulgária e Nicarágua9 / 1752,9%1. Ruanda49 / 8061,3%
2. Suécia12 / 2352,2%2. Bolívia69 / 13053,1%
3. Canadá15 / 2951,7%3. Cuba299 / 61248,9%
4. Eslovênia8 / 1650%4. Islândia30 / 6347,6%
5. Ruanda9 / 1947,4%5. Nicarágua42 / 9245,7%
6. Dinamarca9 / 2142,9%6. Suécia152 / 34943,6%
7. África do Sul15 / 3641,7%7. Senegal64 / 15042,7%
8. Albânia, Islândia e Lichtenstein8 / 2040%8. México213 / 50042,6%
9. Noruega7 / 1838,9%9. África do Sul167 / 39842%
10. Espanha e Finlândia5 / 1338,5%10. Equador57 / 13741,6%

Comentários